Maragogi-AL (I)

21.04.2008

Ontem (domingo, 20/04), fomos dar uma voltinha para comemorar o aniversário da Renata. Não temos andado tanto de moto assim nos últimos tempos, sendo o último passeio lá para o Pico do Jabre-PB em 07/03. Com a Renata trabalhando agora aos sábados fica um pouco mais complicado. Mas as férias já estão aí, daí vamos matar a vontade na Viagem ao Sertão.

Mas vamos lá. Saímos às 10:30 de Recife-PE, chegando em Maragogi-AL às 12:15. Lá almoçamos uma incrível moqueca mista (peixe, camarão e polvo), no restaurante Maragolfinho. Além da comida fantástica e da praia que mistura pescadores, veranistas e turistas, dá para fazer o passeio às galés. Queremos voltar lá com mais tempo para fazer este passeio (R$ 25,00 pelo barco + R$ 60,00 pelo mergulho). Caro… mas só vimos o preço no Maragolfinho. É bem possível que seja bem mais barato em outros lugares.

A estrada que vai de Recife-PE para Maragogi-AL também é outro ponto alto do passeio. Uma estrada cheia de curvas, com a vegetação mudando de tempos em tempos: canavial, mangue, mata atlântica, pastagem, coqueiral e praia. Quase não tem movimento, com excessão dos horários em que o pessoal volta da praia (domingos depois das 16:00).

Para continuar a comilança, compramos bolachas de Maragogi. Na divisa entre Alagoas e Pernambuco, também paramos para comprar cocadas, como sempre!

Chegamos em Recife-PE às 16:00, e ainda paramos para tomar um côco em Boa Viagem.

Bem… o resto da festança de aniversário da Renata é impublicável. Como era feriado e todos estavam viajando, ela resolveu comemorar com o povão só na semana que vem… ontem foi “excrusivo”. Rolling Eyes

Feliz Aniversário!

Maragogi-AL:

Maragogi-AL:

Maragogi-AL:

Maragolfinho:

Vista durante o almoço:

Moqueca mista:

Fábio e Renata:

—————————-

Informações técnicas:

Quilometragem: 277 km
Velocidade média: 80 km/h

A moto parou mesmo com a estória de “ratear” na quinta marcha. Mesmo carregada anda muito bem. O consumo ficou muito alto na ida… estranho. Mas pode ter sido bomba alterada, ou algum problema no combustível. Vamos ver nas outras viagens.