Análise de Motores de Combustão Interna

Em 1988 – há 22 anos -, foi lançado o livro “Internal Combustion Engine Fundamentals”, do professor John B. Heywood. Do ponto de vista tecnológico isso pode parecer bastante tempo, mas o livro continua sendo uma das principais referências na área de motores de combustão interna.

De certa forma, o livro do Heywood veio complementar o livro do professor Taylor, “The Internal Combustion Engine in Theory and Practice”. Esse outro livro, escrito em dois volumes, embora tenha sua última edição em 1985, foi lançado inicialmente em 1977. Podemos considerar o conjunto dos livros do Taylor e do Heywood como o Velho e o Novo Testamento na área de motores de combustão interna. Certamente há vários livros mais novos, talvez com melhor didática ou com detalhes específicos, mas certamente não substituem a abrangência e profundidade dos outros dois autores.

Uma parte do livro do Heywood é convencional: ciclos termodinâmicos, propriedades termofísicas, transferência de calor e lubrificação. Mas há três assuntos em que ele se destaca prontamente: escoamento de gases, combustão no interior de cilindros em movimento e características operacionais.

Obviamente, se alguém for procurar artigos recentes publicados em revistas científicas e de engenharia, encontrará estudos muito mais precisos. Mas a visão geral da interligação entre as variáveis é apresentada de forma magistral pelo prof. Heywood.

Mas nem tudo é perfeito. O livro deixa muito a desejar na área de modelagem computacional (CFD), explicação da influência de sistemas eletrônicos de controle e características de motores híbridos ou a análise crítica de tecnologias modernas, como as células de combustível.

A questão é que nenhum outro livro atual consegue apresentar esses novos aspectos tecnológicos juntamente com o conhecimento clássico do professore Heywood. Portanto, não há escolha a não ser devorar o livro do Heywood, e só depois tentar compreender as questões mais atuais (como células combustíveis) ou mais específicas (como os modelos computacionais recentes de combustão).

Divirta-se!