Hell Ride

Nas décadas de 60 e 70 havia um tipo de filme classificado como “Exploitation Film” (algo como: filme de exploração). O que havia de comum nesses filmes eram a interpretação tosca, filmagem feita às pressas, nudez gratuita, sangue, brigas, perseguições de carro, mulheres bonitas, homens com cara de mau, seduções, roteiro falho, diálogos pomposos e tudo o mais que um filme tipo B (C, talvez?) pode ter.

Um sub-gênero era formado pelos filmes de gangue de moto.

Em 2008, Larry Bishop escreveu, dirigiu e atuou no filme Hell Ride, feito em homenagem a esses filmes dos anos 70. Ficou muito legal. Parecido com o que havia antes, mas muito mais divertido.

Só uma coisa é diferente, o elenco de primeira: Michael Madsen, Vinnie Jones, David Carradine e Dennis Hopper. Sem contar a produção do Quentin Tarantino, que por sua vez já tinha feito uma homenagem a esse gênero nos filmes Grindhouse e Kill Bill.

É um filme para quem gosta de mulheres bonitas, tesouros escondidos, brigas sem noção, traições, promessas, muito sangue e motos. 10!